9 de junho de 2011

Hellcife Metal Fest neste sábado


Festival celebra underground nordestino

Hellcife Metal Fest congrega, neste sábado 11 de junho, no Bomber Rock Bar, cinco das mais representativas bandas do cenário metal de Pernambuco, Paraíba e Alagoas.
Death, thrash, grindcore e até mesmo música regional. Quem for no sábado 11 de junho ao tradicional point do metal recifense, o Bomber Rock Bar, vai ter oportunidade de conferir as mais variadas representações da música pesada nordestina, num encontro de gerações e estilos.  Infected Mind (PB), Code (AL), Cangaço, Rabujos e Pandemmy, as últimas três, pernambucanas da gema, prometem não deixar ninguém parado.
Vindo de Campina Grande, o quinteto Infected Mind é um dos mais experientes da noite e já dividiu palco com Korzus, Violator e Torture Squad, entre outras. Tendo na bagagem o CD Rascals of Destruction, lançado em 2006, os paraibanos acabaram de gravar o seu segundo álbum, intitulado Keep the Hate. A banda de death thrash metal conta em suas fileiras com o guitarrista Fábio Rolim, ex-integrante da lendária formação paraibana Nephastus.
O Code, de Maceió, é uma espécie de all-star band do Nordeste. A banda traz em sua formação os paraibanos “exilados” em Alagoas Kedma Villar (vocalista, ex-baterista da primeira banda de death metal feminina do mundo, a campinense Mortífera), Yuri Villar (ex-guitarrista do Behavior) e Tárcio Bezerra (que fez carreira como baterista nas bandas Krueger e Nephastus), que se juntaram a Myro Rodrigues (ex-baixista da alagoana Avoid) e ao mineiro Reges Madureira, que já pilotou as guitarras da clássica banda Lou Cypher, de Belo Horizonte.
“Tocar no Recife é muito importante pra qualquer banda. Depois de 20 anos (a última vez foi na bateria do Mortífera, no Sport Club, em 1991), terei a chance de tocar para amigos de velha data, ao lado de amigos, na casa de amigos, num show produzido por amigos - o que aumenta a responsabilidade da performance. O Hellcife vai ser uma grande celebração ao metal e às amizades duradouras, construídas nesse meio”, diz a vocalista.
O Rabujos é pancadaria pura. Seu grindcore com pitadas de death metal já foi visto no Abril Pro Rock e       a banda abriu, nessa última sexta 3, para o Ratos de Porão, em Olinda. Com duas músicas na coletânea Terra Batida, patrocinada pelo Funcultura, o quarteto é um dos pricipais expoentes do estilo no Nordeste.
O Cangaço é a nova joia da música pesada brasileira. Com pouco mais de um ano em atividade, tem em seu currículo a histórica vitória na seletiva nacional para o maior festival de metal do mundo, o Wacken Open Air, onde se apresentou em agosto de 2010. Um dos destaques do Abril Pro Rock 2011, o trio lança no Hellcife Metal Fest o seu EP Positivo, onde a banda mergulha mais ainda na mistura de death metal com música nordestina.
Já o Pandemmy chega ao Hellcife com moral. A banda vai representar Pernambuco na final nacional do Wacken Metal Battle, no festival Roça’n’Roll, em Varginha (MG), no dia 24 de junho. “Vamos representar a garra de nossa terra através de nossas canções e cimentar ainda mais o espírito lutador, ferrenho e criativo que é comum a nós pernambucanos, principalmente no terreno da música”, diz o vocalista Rafael Gorga. O quinteto de death thrash acaba de soltar o EP Idiocracy.

HELLCIFE, O FILME

O festival também será a oportunidade de os headbangers pernambucanos assistirem à “première” do curta-piloto Hellcife – Transformações: a cena metal no Recife pós-mangue. O filme é resultado da pesquisa cultural homônima, patrocinada pela Fundarpe e pelo Funcultura. “O projeto é apenas a ponta do iceberg. Vai se desdobrar em outras iniciativas: livro, documentário, disco. Vem muito mais por aí”, diz o jornalista Wilfred Gadêlha, diretor do curta, baseado no trabalho feito pelos pesquisadores pernambucanos Daniela Maria Ferreira e Amílcar Bezerra, além do francês Jorge de la Barre.

SERVIÇO

O QUÊ? Hellcife Metal Fest, com as bandas Infected Mind (PB), Code (AL), Cangaço, Rabujos e Pandemmy. Apresentação do curta Hellcife - Transformações: a cena metal no Recife pós-mangue

QUANDO? Sábado 11 de junho, a partir das 22h

ONDE? Bomber Rock Bar – Rua Álvarez Cabral, 142, Bairro do Recife

QUANTO? R$ 12,00. Ingressos à venda no local do show

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se gostou da postagem, tem reclamação ou alguma sugestão. Comente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...